Monday, November 01, 2010

Estrumeira verd´amarela

A decadência das sociedades humanas é fenómeno pavoroso e complexo, sendo quase sempre impossível determinar com exactidão o conjunto de factores responsáveis pela degradação. Sempre julguei que com o advento de um grotesco, analfabeto e blasfêmo Luís Inácio Siuva - catapultado à chefia do Estado brasileiro na farsada eleiçoeira de 2002, e repetida em 2006 - significava que o patropi tocara o fundo da dissolução moral. Enganei-me rotundamente. Ontem, dia 31 de outubro de 2010, os brasileiros demonstraram que não há limites para a ignomínia... ou melhor: o inferno será o limite. Depois de oito anos com o boçal que compara-se a miúde com Nosso Senhor Jesus Cristo, enquanto dá cabo da Lei Natural e enche as algibeiras com o mais espectacular sistema de corrupção de que há notícia, os brasucas saudarão o ano novo sob o comando de uma terrorista que, até à data, jamais demonstrou qualquer sombra de arrependimento ou esboçou algum pedido de desculpas às famílias das suas vítimas e à sociedade. Com isto encerro qualquer referência futura à pocilga socialista tropical. Na antiga Terra de Vera Cruz virou-se a última página e fechou-se o livro.

4 Comments:

At 02 November, 2010 08:13 , Blogger DB said...

Caro Amigo,

Não despreciando o texto, devo saudar a brilhante escolha de imagem.

Uma imagem vale mesmo mais que mil palavras...

Grande abraço.

 
At 02 November, 2010 13:29 , Blogger Euro-Ultramarino said...

Pois é meu Caro... o "modelo" e o "puro" já dizem tudo!
Um forte abraço.

 
At 08 November, 2010 14:05 , Anonymous Anonymous said...

Mas não feche já o livro. Agora mais do que nunca é que seus comentários fazem jeito.

 
At 14 January, 2011 15:17 , Blogger Ernesto said...

Com sua licença e reconhecendo plenamente os seus direitos de autor (copyright), vou publicar no meu blog (www.pipiroom.blospot.com) este post que acerta plenamente na "mouche" e que vem na linha do que sempre tenho dito acerca desta guerrilheira mal enjorcada

 

Post a Comment

Subscribe to Post Comments [Atom]

<< Home