Wednesday, November 22, 2006

Um rotundo "Não"


É comum ver "democratas" e "liberais" embandeirarem em arco com o "25 de novembro". Será mesmo para tanto? E aqueles que são "apenas" portugueses? Por acaso reparou-se a destruição física e moral da Nação levada a cabo pela revolução cravícola, de cuja "pureza" os 28s de setembro, os 11s de março ou os 25s de novembro proclamaram-se defensores? Lindo... É mais ou menos isto: eu sou Portugal; permito que a comunalha sequestre-me; ampute-me os braços e pernas; parta-me os dentes e arranque-me um naco de língua; fure-me um olho e um tímpano; castre-me e, quem sabe, sodomize-me. Ao fim de um ano e sete meses de mimos inigualáveis, teimando em sobreviver mas já sem saber muito bem quem sou, de onde venho e, menos ainda, para onde vou, consigo que a comunalha vá para casa. Fantástico! Dou-me por um felizardo! Agora vou poder recomeçar a vida em "liberdade" e em "democracia". Se ainda tivesse as duas mãos, com ambas aplaudiria efusivamente.

Não. Não transijo com a traição que destruiu a minha Pátria.

5 Comments:

At 22 November, 2006 08:43 , Blogger Je maintiendrai said...

Subscrevo inteiramente!

 
At 22 November, 2006 11:13 , Blogger Daniel Pereira Fernandes said...

Tem toda a razão!

 
At 22 November, 2006 19:16 , Anonymous Cristina Ribeiro said...

Claramente!

 
At 22 November, 2006 22:45 , Blogger EURO-ULTRAMARINO said...

Um pouco forte, mas é um desabafo que vem das entranhas.
Um abraço amigo aos três.

 
At 25 November, 2013 17:47 , Blogger os meus olhares said...

Complicados e decisivos aqueles dias para libertar Portugal. Sabe é complicado sentir que 38 anos depois, politicos, politólogos, Jotinhas, jotões e outros safadões não reconheçam o que de facto de decisivo se passou neste dia ....." Militares o nosso compromisso não é com os homens, o nossso compromisso não é com ideologias nem com os partidos. O nosso compromisso é com A NAÇÃO...." coronel Jaime Neves aos militares em Juramento.

 

Post a Comment

Subscribe to Post Comments [Atom]

<< Home