Friday, November 17, 2006

Bordaberry: governante católico uruguaio

Juan María Bordaberry, antigo presidente do Uruguay, acaba de ser condenado à prisão por "violação dos direitos humanos". Eleito em 1972 - de acordo com todos os cânones demo-liberais, diga-se de passagem -, durante o apogeu do atrevimento terrorista e em meio a uma grave crise económica, Bordaberry, respaldado pelas Forças Armadas, dissolve o parlamento, suspende a actividade dos partidos e restringe as liberdades civis, avançando com decisão sobre a guerrilha tupamara. Homem profundamente católico num país profundamente ateu, Juan María Bordaberry tinha plena consciência dos riscos que corria mas aceitou o desafio, como cristão e como patriota. Tentou restaurar a ordem num país moldado pela maçonaria e assolado pelo terrorismo marxista. Procurou - e por um bom perído conseguiu - que o Uruguay vivesse e progredisse em paz, sob um governo forte e responsável, segundo os princípios cristãos da ordem política. Um pouco à imagem de Gabriel García Moreno, guiou-se pela máxima do grande ecuatoriano: liberdade para tudo e para todos, excepto para o mal e para os causadores do mal. A verdade - infelizmente - é que na antiga Província Cisplatina portuguesa apenas um pequeno grupo de homens estava decidido a levar a Contra-Revolução até ao fim. Em 1976 Bordaberry é deposto pelos militares - os quais não souberam ou não quiseram estar à altura de uma empresa de tal transcendência. Aos que desejarem conhecer um pouco deste governante católico e da Cruzada que se levou a cabo no pequeno país platense, recomendo vivamente esta entrevista com Juan María Bordaberry, concedida antes da ignomínia da sua condenação.

6 Comments:

At 18 November, 2006 04:42 , Anonymous çamorano said...

La gran influencia de "Los Hijos de la Viuda" en las repúblicas iberoamericanas, en especial Uruguay, Paraguay y Cuba......

 
At 18 November, 2006 17:09 , Blogger Paulo Cunha Porto said...

Meu Caro Euro-Ultramarino:
Mas foi condenado, ou apenas detido?
As informações que cá chegam são escassas.
Abraço.

 
At 18 November, 2006 21:42 , Blogger EURO-ULTRAMARINO said...

Foi detido e vai a julgamento, Caro Paulo. O circo, entretanto, já está montado.
Um abraço.

 
At 19 November, 2006 15:36 , Anonymous çamorano said...

Menos de 90 años después de la fundación de Montevideo llegaban las invasiones inglesas para sembrar las ideas masónicas.......En nuestros paises tenemos un tercer pilar a rescatar y recimentar: la hispanidad. Es tiempo de sacar al mundo del engaño de la versión anglosajona de la historia moderna......(Bordaberry dixit)

 
At 20 November, 2006 14:45 , Blogger EURO-ULTRAMARINO said...

Caro Çamorano:

O Amigo tem carradas de razão. Estas terras foram minadas pelos erros da Revolução - primeiro, directamente da fonte, a francesa; mais tarde pelas mãos inglesas.

Abr.

 
At 20 November, 2006 16:59 , Anonymous çamorano said...

Amigo Euro- Ultramarino: ¿No recuerda un poco la defensa que hace Bordaberry hijo de su padre a la que en su momento llevó a cabo José Antonio Primo de Rivera frente a las injurias y calumnias que se decían de su padre, el General Don Miguel Primo de Rivera?

 

Post a Comment

Subscribe to Post Comments [Atom]

<< Home