Friday, June 19, 2009

Outra vez o negregado fascismo

Enquanto foi apaparicado pelos senhores do Ocidente Saddam Hussein era tratado por presidente; quando deixou de interessar e transformou-se em chatice, passou rapidamente a ditador e, pouco depois, já era fascista - o mais horroroso dos epítetos que o nosso democratérrimo mundinho pode dedicar a alguém e que transforma o infeliz em alvo a abater, por qualquer meio, a qualquer hora, em qualquer lugar. Ao alarde à volta de irregularidades na consulta eleitoral iraniana - ó sacrossanto poder da aritmética como critério da Verdade! - segue o baptismo de Ahmadinejad como ditador... e fascista. Pergunto? Para quando as bombas da liberdade e da democracia? Como dizem os argentinos, agora é que a coisa está en punto caramelo...

2 Comments:

At 28 June, 2009 09:02 , Anonymous Anonymous said...

Palavras acertadíssimas, estas que escreveu.
Cinismo, hipocrisia, oportunismo, inveja, ganância, maldade, sobretudo maldade, é o que inunda o espírito dos dirigentes mundiais. E não há quase nenhum que escape. A humanidade está dominada por déspotas da pior espécie, disfarçados de obreiros da paz, duma ponta à outra do globo. E difìcilmente se livrará deles excepto através de uma revolução mundial.
Se, por exemplo, amanhã Amahdinejad mudar de discurso e de estratégia e começar a fazer o que os mundialistas querem que ele faça, ou seja, abrir o seu país ao exterior e a permitir que eles o governem em vez dele próprio, a partir desse santo dia ele será re-baptizado como a mais benigna e bondosa pessoa e o dirigente mais liberal e democrático do mundo e no próximo ano ou o mais tardar daqui a dois ou três, ser-lhe-ão atribuídos os prémios mais prestigiados do globo, como o Nobel da Paz e outros títulos e prémios equiparados seguir-se-ão. Vide Kadafi, para não irmos mais longe, que já é considerado pelos mesmos cínicos dirigentes mundiais como um pacifista e um democrata da mais pura água. A este (e não tarda muito a mais alguns tiranos africanos estratègicamente colocados como governantes das respectivas ditaduras pelos fazedores de democracias) o Nobel da Paz mais ano menos ano cair-lhe-á no regaço. Enquanto tal não acontece e para irem preparando a opinião mundial para tão inusitado quão hipócrita acontecimento, altas comendas já lhe foram sendo agraciadas. Sem esquecer as mordomias e honrarias que lhe são prestadas sempre que visita um qualquer país. Num plano diverso, é o que espera Amahdinejad se vender a alma ao Diabo.
Maria

----------

Nota: Estive ontem a pesquisar o seu arquivo até Junho de 08, à procura de uma transcrição de um artigo do Padre Serras Pereira - pesquisa que repeti várias vezes por receio de me ter escapado - e não consegui encontrá-lo nem por nada. Tê-lo-á retirado? Se não, pode dizer-me por favor em que mês posso localizá-lo? Agradecimentos antecipados.

 
At 30 June, 2009 12:15 , Blogger Euro-Ultramarino said...

Obrigado, Maria. Infelizmente não recordo agora o artigo do Padre Serras Pereira. Nada foi retirado, assim que vou dar uma olhadela.
Abr.

 

Post a Comment

Subscribe to Post Comments [Atom]

<< Home