Sunday, February 01, 2009

Questão de prestígio


Disse Churchill na House of Commons, ao fim da II Guerra, que o papel de Portugal no mundo não se devia apenas à sua importância geo-estratégica, mas, sobretudo, à craveira do seu governante, Salazar. Há 35 anos deitaram fora a "geo" e com ela a "estratégia". E relativamente à "craveira" a acepção também mudou: ficámos mesmo é bem cravados. Do Prec das melenas e dos pás ao Só-crash das quase-engenharias e dos freeports é um fartar, fartar. Só acaba quando termina... Prestige oblige.

1 Comments:

At 09 February, 2009 09:39 , OpenID atrida said...

Palavras certeiras, meu amigo.
Aproveito para agradecer o simpático incentivo. A minha resolução é irreversível, não obstante possa regressar um dia, noutro formato.
Até breve.

 

Post a Comment

Subscribe to Post Comments [Atom]

<< Home